Como oferecer uma comida caseira  

09-04-2021
Imagem de litthouse por Pixabay
Imagem de litthouse por Pixabay

Quando alimentamos nosso pet, uma das dúvidas é qual a quantidade correta e necessária que devo fornecer por dia para ele, não é mesmo? Mas você já parou para pensar também quantas vezes por dia deveria dar a comida? Bom, nesse artigo vamos falar um pouco mais sobre como e quando dar a comida para o seu peludo e qual é o momento ideal de se adicionar os suplementos na comida. 

Depois de ter preparado e armazenado a comida vamos pensar em como oferece-la. Se ela esta congelada devemos primeiro descongelar, se ela está na geladeira será preciso apenas aquece-la. 

Descongelamento
Quando preparamos uma grande quantidade de comida, como para mais de três dias ou semanas, fazemos porções diárias e armazenamos no congelador para que dure mais tempo (45 dias). Quando precisamos tirar as porções fora para dar ao pet, primeiro fazemos o processo de descongelamento. Algumas opções para esse processo são:
- Deixar na parte mais baixa da geladeira por no mínimo 18 horas e aquecer normalmente antes de oferecê-la;
- Descongelar através do banho-maria;
- Colocar dentro de uma panela com um pouco de água.
EVITE: deixar em cima da bancada da cozinha para ir descongelando aos poucos em temperatura ambiente e evite usar micro-ondas. 

Aquecer
Caso esteja usando porções que estavam na geladeira o processo é basicamente o mesmo que para descongelar, mas pode também colocar diretamente em uma panela com um pouco de óleo de coco ou azeite e deixar esquentar um pouco. Evite o uso de micro ondas.

Photo by Frank Zhang on Unsplash
Photo by Frank Zhang on Unsplash

Oferta

Ofereça o alimento em temperatura ambiente. É indicado fracionar a quantidade total em 2 a 3 porções durante o dia para cães adultos. Já os filhotes iram depender de quantos meses eles tem, quanto mais novo mais vezes ao dia (tabela). 

Sabemos que além dos ingredientes que compõem a classe de macro nutriente devemos adicionar os suplementos obrigatórios (vitaminas e minerais) e os suplementos opcionais que ajudam a enriquecer a dieta como ômega -3, alho, Prebióticos e Probióticos.

Todos esses suplementos devem ser adicionados na comida depois que já estiver em temperatura ambiente e antes de ser oferecida para o nosso pet.

E como devo oferecer uma comida crua?
A BARF é uma linha de dieta biologicamente apropriada para cada classe de animal, no caso dos cães e dos gatos, é uma dieta carnívora. Biologicamente, animais carnívoros comem sua presa sem nenhum tempero ou processo de cozimento, ao natural. Portanto, quando você escolhe oferecer uma dieta crua o processo é muito mais fácil e rápido, pois não precisa cozinhar os ingredientes sendo apenas indicado triturar os vegetais para uma melhor digestão e absorção dos nutrientes.

Portanto na sua oferta deve-se adicionar todos os ingredientes, após o preparo indicado para cada alimento e do congelamento profilático, dentro do seu pote de comida junto com os suplementos e está pronto! Sempre seguindo as recomendações, ingredientes e proporções sugeridas pelo seu médico veterinário. Tome as precauções necessárias e fique atento se o tamanho do osso que esta sendo fornecido é compatível com o tamanho do seu cachorro.

Siga sempre as recomendações e dicas de quantidade diária, preparo, armazenamento e oferta da dieta caseira para garantir uma maior segurança para o pet. É sempre importante lembrar a importância de ter um médico veterinário de confiança, ele irá te orientar e ajudar em todos esses processos para que você dê ao seu amigo peludo uma dieta rica em todos os sentidos!